Menu

Início Sobre Nós Resenhas Ranking de Livros Parcerias Contato Image Map

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Resenha: Jardim de Inverno

Resenha

Jardim de Inverno


Autora: Kristin Hannah
Editora: Novo Conceito
Páginas: 416


Sinopse
Meredith e Nina Whiston são tão diferentes quanto duas irmãs podem ser. Uma ficou em casa para cuidar dos filhos e da família. A outra seguiu seus sonhos e viajou o mundo para tornar-se uma fotojornalista famosa. No entanto, com a doença de seu amado pai, as irmãs encontram-se novamente, agora ao lado de sua fria mãe, Anya, que, mesmo nesta situação, não consegue oferecer qualquer conforto às filhas. A verdade é que Anya tem um motivo muito forte para ser assim distante: uma comovente história de amor que se estende por mais de 65 anos entre a gelada Leningrado da Segunda Guerra e o não menos frio Alasca. Para cumprir uma promessa ao pai em seu leito de morte, as irmãs Whiston deverão se esforçar e fazer com que a mãe lhes conte esta extraordinária história. Meredith e Nina vão, finalmente, conhecer o passado secreto de sua mãe e descobrir uma verdade tão terrível que abalará o alicerce de sua família… E mudará tudo o que elas pensam que são. “Difícil não rir um tanto e chorar ainda mais com a história de mãe e filhas que se descobrem no último momento.” – Publishers Weekly A história que sua mãe conta é como nenhuma outra já ouvida por elas antes — uma história de amor cativante e misteriosa que dura mais de sessenta anos e parte da Leningrad congelada e devastada pela guerra até o Alasca, nos dias atuais. A obessão de Nina por esconder a verdade as levará a uma inesperada jornada ao passado de sua mãe, onde descobrirão um segredo tão chocante, que abala a estrutura da família e muda quem elas acreditam ser.



OPINIÃO DELA:

Um dos livros mais tocantes que já li. Amigos, aguardem, porque eu vou ficar indicando ele por muito tempo até vocês cansarem! Kristin Hannah conseguiu apertar meu coração em uma história maravilhosa. E já adianto que eu não acho o livro triste. Ele contém histórias tristes, mas a história do livro não é triste... É uma das coisas mais lindas que já li!


domingo, 14 de dezembro de 2014

Resenha: O Touro do Rebanho (Autor Parceiro)



Resenha


O Touro do Rebanho


Autor: Krishnamurti Góes dos Anjos
Editora: Chiado Editora
Páginas: 356

Sinopse:
O touro do Rebanho - Memória da Sedição dos Alfaiates de 1798 na Bahia onde se deduz as elementares razões para a pena de enforcamento e esquartejamento de quatro pobres homens do povo, proferida por uma corte devassa e corrupta.

Ambientado em uma das épocas mais conturbadas da história brasileira e portuguesa, fins do século XVIII e as duas primeiras décadas do XIX, o romance traça um painel histórico em que o fluir dos acontecimentos se entretece nas relações Colônia x Metrópole imersas numa conjuntura de guerras, sedições, piratarias, invasões francesas a Portugal, transferência da corte portuguesa para o Brasil e finalmente a Independência brasileira.

Expondo documentos históricos nunca publicados, a trama desvenda as mais diversas ambições que engendraram a sedição, e leva-nos à uma faceta do história ainda não revelada:como o Direito colonial brasileiro exercido pela Relação da Bahia, a mais alta corte que se poderia recorrer, julgou os réus acusados da sedição de 1798 e legitimou o poder corrupto de um Estado que funcionou basicamente a partir da escravidão, do suborno e do achaque.



OPINIÃO DELE: 

O Touro do Rebanho pra mim é, definitivamente, um clássico. Não apenas por sua linguagem mais rebuscada, uma história mais cotidiana e menos fantasiosa - apesar de que na história do Brasil, certas passagens, como a retratada no livro, não ficam devendo nada às histórias mais inacreditáveis já inventadas -; o grande motivo de eu considerá-lo como tal é por seu valor narrativo, pelo seu poder de convencimento e pela capacidade de causar reflexões.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Resenha: Antes que eu Vá

Resenha

Antes que eu Vá

Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 368


Sinopse
Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. ... Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente. O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as conseqüências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.


OPINIÃO DELA:
     Fui com todas as expectativas do mundo ler esse livro, tanto pela capa, quanto pelo que me disseram sobre ele e também porque passa a impressão de ser um livro muito bom. A temática é muito boa... Uma pena que, para mim, o assunto foi abordado de maneira tão ruim.

domingo, 7 de dezembro de 2014

Resenha: Por Favor Cuide da Mamãe



Resenha


Por Favor Cuide da Mamãe


Autor: Kyung Sook Shin
Editora: Intrínseca 
Páginas: 236

Sinopse:
Park So-nyo, 69 anos, mãe de cinco filhos, desapareceu. Ao chegar a Seul para visitá-los, saindo de sua aldeia com o marido, com quem é casada há mais de 50 anos, ela é deixada para trás em meio à multidão em uma plataforma da estação de metrô. Como fez a vida toda, ele simplesmente supôs que a esposa o seguia. Essa é a última vez em que Park é vista. Começa então a procura, liderada pelos filhos e o marido, que se transforma em uma exploração emocional repleta de remorso e marcada pela triste descoberta de uma mulher que ninguém nunca conheceu. Narrado pelas vozes de uma filha, de um filho, do marido e da própria mulher desaparecida, Por favor, cuide da Mamãe é, ao mesmo tempo, um retrato da Coreia do Sul contemporânea e uma história universal sobre família e amor.






OPINIÃO DELE: 

Compre este livro! Não te garanto que você vai adorar sua história, seus personagens, ou sua narrativa. Ainda assim, COMPRE-O. Ele definitivamente vale a pena por um motivo: a CAPA. Ela precisa enfeitar sua estante. Não sei se as 1,5 milhões de cópias foram vendidas por esse motivo, mas a minha foi!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Resenha: Identidade Roubada

Resenha

Identidade Roubada


Autora: Chevy Stevens
Editora: Arqueiro
Páginas: 256






Sinopse
Era para ser um dia como outro qualquer na vida de Annie O’Sullivan. A corretora de imóveis levanta da cama com três objetivos: vender uma casa, fazer as pazes com a mãe e não se atrasar para o jantar com o namorado. Naquele domingo, aparecem poucas pessoas interessadas em visitar o imóvel. Quando Annie está prestes a ir embora, uma van estaciona diante da casa e um homem sorridente vem em sua direção. A corretora tem certeza de que será seu dia de sorte. Mas o inferno está apenas começando. Sequestrada por um psicopata, Annie fica presa durante um ano inteiro em um chalé nas montanhas, onde vive um pesadelo que deixará marcas profundas.







OPINIÃO DELA:

     O livro discorre sobre a vida de uma corretora de imóveis, Annie Sulivvan, que logo depois de concluir seu plantão de vendas e achar que encontrou um cliente perfeito para a compra do imóvel que pretendia vender, ela se vê diante da situação mais traumatizante de sua vida (e da vida de qualquer um de nós). Anna é sequestrada por esse cliente em potencial que ela almejava e que diz chamar-se David, mas, como ela não o conhece, resolve se referir a ele como “Maníaco” e com razão.


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Resenha: Tudo Aquilo que Nunca foi Dito

Resenha

Tudo Aquilo que Nunca foi Dito


Autor: Marc Levy
Editora: Suma de Letras
Páginas: 244


Sinopse
Com mais de 23 milhões de livros vendidos e traduzidos em 42 línguas, o autor francês mais lido no mundo, Marc Levy, volta a cativar os leitores em seu oitavo livro. Em Tudo Aquilo Que Nunca Foi Dito, Marc Levy aborda a relação conflituosa entre um pai e uma filha. Poucos dias antes do seu casamento, Julia recebe um telefonema do secretário de seu pai. Como ela já tinha previsto, Anthony Walsh - empresário brilhante, mas pai distante - não poderá comparecer à cerimônia. A ausência de seu pai em momentos importantes de sua vida da filha não é novidade para Julia. Mas pela primeira vez, a personagem tem que reconhecer que ele tem uma boa desculpa: Anthony Walsh morreu. A ironia amarga da situação, com Julia forçada a adiar o casamento para enterrar o pai, faz aquela parecer mais uma das peças pregadas pelo destino na difícil relação entre os dois. Mas, no dia seguinte ao funeral, ela descobre, na forma de um enorme pacote deixado na porta de sua casa, que aquela não tinha sido a última surpresa de seu pai - e parte na viagem mais extraordinária de sua vida, uma oportunidade para que os dois digam um ao outro, enfim, tudo aquilo que nunca foi dito.



OPINIÃO DELA:

     O pai de Julia Walsh sempre foi muito ausente da vida de sua filha, Julia Walsh. Além disso, costumava ser um pai controlador quando conseguia se infiltrar na vida da filha... Então, na primeira oportunidade, Julia decidiu sair de casa e viver sua vida longe do seu pai. Passaram quase vinte anos e os dois não tinham trocado nem um telefonema, mas Julia iria se casar e resolveu enviar um convite ao pai, sem esperanças de que ele fosse aparecer. Quando o secretário do seu pai liga para justificar a ausência do pai Julia espera qualquer coisa, menos a verdade: seu pai morreu e o enterro seria no mesmo dia do seu casamento. Julia teve que adiar o casamento porque é a única parente mais próxima e também porque, gostando ou não, aquele homem que morrera era seu pai. Julia só não imaginava o que estava por vir... O que seu pai tinha preparado. Um caixote de madeira com a promessa de que eles teriam a oportunidade de dizer tudo aquilo que nunca foi dito um ao outro.


terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Retomando as postagens



Oi pessoal!!!
Como vão vocês?
=)

Nós estivemos um pouquinho afastados do blog ultimamente, mas foram por boas causas.
Tivemos que cuidar da Nina, nossa cachorrinha que está dodói, fomos pra Sertãozinho (cidade da Karina) uns dias e também aproveitamos o feriado da Consciência Negra para dar um pulinho na praia e "sargá a bunda" kkkk
Mas nesse meio tempo não ficamos longe dos livros, e as resenhas voltarão com força a partir de hoje.

Sentimos a necessidade de fazer esse post para justificar essa ausência para aquelas pessoas que realmente gostam do blog e o acompanham periodicamente.
Para vocês, vamos compartilhar algumas fotos desse período e agradecemos a companhia.

E sigamos com as leituras! ;)



















quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Resenha: Ler, Viver e Amar

Resenha

Ler, Viver e Amar


Autoras: Jennifer Kaufman e Karen Mack
Editora: Casa da Palavra
Páginas: 308 






Sinopse
O telefone tocou. - Já pode falar? - Era o Fred. Ele é lindo. Engraçado. Fácil de levar. Eu rio. Ele ri. Ele quer me ver... Hoje à noite. Um encontro de verdade em uma espelunca onde se toca jazz com, espero, algum tipo de bebida alcoólica. Parece divertido. Bem, como disse uma vez Edith Wharton, "se apenas parássemos de tentar ser felizes, nós poderíamos nos divertir um bocado".



OPINIÃO DELA:
     A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi a capa, sem dúvida! É super colorida e eu não me esquecia desse livro por nada... Acabei achando alguém se desfazendo dele e comprei, porque apesar das suas páginas brancas esse livro tem um preço bem “salgado” nas livrarias! Bom já tem uma coisa que odiei... As páginas brancas!

     Mesmo assim eu devorei o livro, mas não pela temática, e sim pelas referências literárias, as citações e a identificação com a personagem principal. Dora é uma jornalista viciada em clássicos literários, e ela usa os livros quando as coisas não estão dando muito certo em sua vida. É como uma válvula de escape e me peguei pensando em mim várias vezes durante o livro. Para quem é viciado em livros vai se identificar imediatamente!

Super Sorteio de Fim de ano! Participem!



Hoje iniciamos mais uma mega promoção aqui no Livrofagia! Dessa vez, nos unimos a mais 18 blogs para deixar a sua virada de ano bastante literária. Serão 19 livros distribuídos em 4 kits fantásticos e você pode concorrer a todos eles! Basta preencher o formulário, divulgar bastante e torcer!!!

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Resenha: Mulheres Guerreiras

Resenha

Mulheres Guerreiras

Editora: Pandorga
Páginas: 147




Sinopse
Mulheres guerreiras são tantas... as que saem para trabalhar fora, as que ficam e cuidam da casa e dos filhos, as que estudam, a semianalfabetas, pois não tiveram tantas oportunidades, as cheias de filhos e as que não tem nenhum, mas dão tanto amor aos filhos do coração, seus ou não!
As mães, as esposas, as filhas, as sogras, as noras, as cunhadas, as avós, as bisas, as irmãs e acima de tudo as irmãs-amigas... senão de sangue, de consideração, apoio, carinho, apego e paixão.
Não importa! Todos tem uma guerreira em sua vida! Quem é a sua?
Quem ficou ao seu lado, ensinou direcionou, ajudou e teve toda paciência na hora que você mais precisou?
Quem é a sua mulher guerreira?
Talvez seja você mesmo!!! Quem sabe?


OPINIÃO DELA:

     Eu amei o livro de cara! Aliás, de capa, rs! De nome, de tudo... Como boa feminista fiquei muito curiosa para saber do que se tratava o livro. E não, não fala necessariamente de feminismo, não é um livro teórico. Mas com certeza vai mostrar para muita gente que as mulheres não são o “sexo frágil”


terça-feira, 18 de novembro de 2014

Resenha: O Diário de Suzana para Nicolas

Resenha

O Diário de Suzana para Nicolas


Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro
Páginas: 224


Sinopse
Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”. Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou.



OPINIÃO DELA:
     Eu ainda estou em choque por conta desse livro! Vi tantas indicações dele, fui ler com altas expectativas e não me arrependo! Eu saí dos NA e YA para ler um romance adulto que me deixou sem palavras! Que história linda! Eu terminei de ler o livro em algumas horas e fui dormir até mais “em paz”! Olha, não leio Sparks porque acho clichê, mas já vi quem compare esse livro com os livros dele. Se for assim me avisem que vou fazer a compra de livros do Nicholas Sparks, rs!

     O livro começa contando a história de Katie. Ela tinha acabado de ser abandonada pelo homem que pensava ser tudo que ela sempre quis... o homem de sua vida, Matt. Katie estava arrasada e, no dia seguinte, ainda recebe de Matt um diário! O diário de Suzana para Nicolas! Ela começa a se perguntar se poderia sofrer mais do que já estava sofrendo, se ela havia sido uma amante e o que ela tinha a ver com a história de Suzana e Nicolas. A única chance de ela descobrir o que Matt queria quando deixou aquele diário era, afinal, começar a lê-lo. 

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Resenha: O Último Ponto



Resenha

O Último Ponto

Autor: Edson Monteiro
Editora: Novo Século
Páginas: 144

Sinopse:
Orquestras, bailes, danças, jogos. Este ciclo já faz parte da incrível jornada do brasileiro Juan Carlo, e da do argentino Jean Lucka. Ainda mais quando os dois, após terem ganhado um bom dinheiro em um cassino de Buenos Aires, acabam parando em um transatlântico que parte da capital portenha em direção à Barcelona.

Porém, durante esta tumultuada viagem, que parece ter surgido por força do destino, acabam descobrindo que amam a mesma mulher. É o que faltava para protagonizarem um duelo entre razão (Jean) e a emoção (Juan)! E eis que essas duas naturezas opostas resolvem travar uma disputa inteligente, que poderá marcar a vida deles para sempre. Quem sairá vencedor deste triângulo amoroso? E a quem Katharine entregará seu legítimo amor?





OPINIÃO DELE:

Como amante do poker que sou, confesso que a capa do livro me atraiu logo de cara. É, sem dúvida alguma, uma capa de destaque. E a beleza do acabamento não se restringe a ela: os detalhes nos capítulos, a contracapa, tudo mais é muito bem feito. Se acaso você não gostar da história, mesmo assim ele valerá a pena pela sua beleza física.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Resenha: Cotoco



Resenha

Cotoco

Autor: John van de Ruit
Editora: Intrínseca
Páginas: 392

Sinopse:

O ano de 1990 na África do Sul será decisivo tanto para o país quanto para o garoto John Milton. Nelson Mandela está prestes a ser libertado, e, aos 13 anos, John acaba de ingressar em um internato de elite só para meninos. Ali, Cotoco viverá muitos dos ritos de passagem que envolvem essa fase da vida, e terá de fazer isso enquanto convive com pais, no mínimo, exóticos; uma avó gagá, e colegas de dormitório para lá de estranhos (com apelidos do tipo Lagartixa, Rambo, Rain Man e Cachorro Doido). O livro apresenta Cotoco em situações bizarras - de mergulhos proibidos no meio da madrugada a acirrados campeonatos de críquete, passando pelas tentativas de conquistar as garotas e por catastróficas férias em família.




OPINIÃO DELE: 

Uma das necessidades para uma boa análise de um fenômeno qualquer é o distanciamento do objeto. Acho que isso foi a causa de eu ter demorado tanto tempo para escrever uma resenha sobre Cotoco: precisava me distanciar do livro. Mas mesmo agora parece que ainda não foi possível me desapegar dele.


segunda-feira, 10 de novembro de 2014

MEGA SORTEIO DE NATAL! PARTICIPEM! ;)

Oi Pessoal! 
O Natal está chegando e resolvemos fazer um MEGA SORTEIO DE NATAL! 
Nós juntos em 15 blogs e vamos presenteá-los com 4 kits contendo livros e mimos para vocês! Participem!





Regras: 
- O Período de inscrição será do dia 10/11 a 20/12;
- Para se inscrever é necessário preencher corretamente as entradas obrigatórias no formulário do Rafflecopter. As demais entradas são opcionais, mas lembre-se, quanto mais entradas preencher, mais chances de ganhar;
- Residir ou ter endereço de entrega em território nacional;
- Cada Blog é responsável pelo envio do seu respectivo prêmio, ou seja, os prêmios chegarão individualmente e em prazos diferentes;
- O prazo de envio dos prêmios será de 60 dias após a divulgação do resultado;
- O sorteio terá quatro vencedores sendo um para cada kit;
- O resultado será divulgado em até 10 dias após o término das inscrições neste mesmo post;
- Os ganhadores receberão um e-mail e terão 72 horas para entrar em contato. Caso não haja o contato dentro desse prazo faremos um novo sorteio;
- Não nos responsabilizamos por extravio dos correios e endereços incorretos;
- Não serão aceitos perfis promocionais.


Boa Sorte!!!

domingo, 9 de novembro de 2014

Resenha: Causos de Ônibus e outros acontecimentos

Resenha 

Causos de Ônibus e outros acontecimentos


Autora: Daniela Kanno Vieira
Publicação: Independente
Páginas: 129



Sinopse
Tudo o que acontece em sua vida, Daniela registra. Pode ser um sentimento, uma cena tocante, ou uma cena comum. Histórias inventadas também rechearão estas páginas, pois tudo o que vivemos, não deixa de ser um pouco fantasioso. Blogueira, a autora também inclui três textos em formato de crônica, falando diretamente com o leitor, sobre algumas situações um tanto constrangedoras de sua infância.



OPINIÃO DELA:

     O livro da Dani é uma graça e é a cara dela! Em todo o livro ela trata das situações mais trágicas do cotidiano com muito bom-humor ou ironia, rs! Juro que a imaginei escrevendo muitos desses contos!

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Resenha: Uma Canção para a Libélula

Resenha

Uma Canção para a Libélula - Parte I


Autora: Juliana Daglio
Editora: Deuses
Páginas: 238

Sinopse
Era uma comum primavera numa fazenda qualquer, mas um encontro inusitado aconteceu: a Menina e a Libélula se viram pela primeira vez. Assombrada por um medo irracional da Morte, a Menina é marcada por esse encontro para o resto de sua vida. Compõe então uma canção em seu piano, homenageando a misteriosa libélula. Os anos se passaram, Vanessa vivia em Londres e tinha a vida cercada por seu iminente sucesso como pianista, porém, algo aconteceu, mudando seu destino: Uma doença, uma viagem e um reencontro.  Vanessa precisará encarar fantasmas que sequer lembrava um dia terem assombrado sua vida, tendo de relembrar a morte do irmão e reviver seu conflito com a mãe. E mais importante e mortal, conhecer a grande antagonista de sua vida, a quem chama de Vilã Cinzenta.  De Londres a São Paulo, dos Palcos aos Lagos. Uma canção para a Libélula é a história de uma alma perdida e de sua busca por quebrar o casulo de sua existência, para só então compreender o sentido da própria vida. Este livro é um profundo mergulho em uma mente nebulosa, permeada por lagos obscuros e pela inusitada morte; não havendo sequer esperanças. 
    
OPINIÃO DELA:

     Esse livro tem poderes mágicos! Juro que senti a dor da personagem principal! Não sei o que a Juliana fez, mas tudo nele é lindo! Eu compraria só pela capa e pelo nome... Não é a coisa mais linda do mundo?! Bom, eu soube desse livro porque a Ju é uma blogueira e quando ela lançou o livro todo mundo se apaixonou por ele como eu... Eu via o livro em todos os lugares e ficava pensando “vou comprar, preciso, necessito”! Até que soube que o livro falava sobre uma garota com depressão... Eu amo drama, eu amo o assunto, surtei de vez, achei a autora e comprei direto com ela.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Vídeos sobre as Novidades sobre Parceria e Compra$ do Mê$ ;)


Oi Galera! Faz tempo que não postamos vídeos, mas tem muita coisa legal que recebemos e compramos! Espero que vocês gostem! Não esqueçam de clicar em "gostei" e se inscrevam no nosso canal também para receber os próximos vídeos! ;)

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Resenha: Se Arrependimento Matasse

Resenha

Se Arrependimento Matasse


Autor: Alma Cervantes [Parceria]
Editora: Novo Século - Selo Novos Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 240


Sinopse

Alex, Alice e Rebeca são grandes amigos e decidem se reencontrar depois de alguns anos sem se verem. O lugar escolhido é o hotel dos pais de Alex, mas o que parecia uma viagem especial, repleta de conversas agradáveis e descontraídas com os outros hóspedes durante o jantar se transforma, em seguida, num pesadelo. Quando os três se preparam para dormir, ouvem batidas desesperadas à porta e seguem ao salão, onde logo descobrem que o cozinheiro fora assassinado. Com a comoção, somada à dificuldade de fuga devido à tempestade e névoa lá fora, a confusão logo se instala no hotel, além de um desagradável clima de suspeita entre os hóspedes. 
OPINIÃO DELA:

     Um suspense inesquecível! Um autor que vai te conquistar com o primeiro livro... Preparem-se! Para quem gosta do gênero, leitura obrigatória! Posso dizer com toda certeza que se o Alma Cervantes publicar qualquer outra coisa terá uma leitora garantida aguardando ansiosamente! rs


segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Resenha: Padma

Resenha

PADMA

Autora: Kelly Hamiso [Parceria]
Editora: Novo Século (Selo Novos Talentos da Literatura Brasileira)
Páginas: 512
                                

Sinopse
Jéssica é uma garota de dezessete anos, estudiosa, bonita e rica, que havia ganhado uma segunda chance. Numa visita à casa de sua avó, em São Paulo, conhece um grupo de amigos e Beto, rapaz rebelde que, entre cigarros, bebedeiras e rock’n'roll, está longe de ser o homem ideal, mas sua indiferença o torna irresistivelmente fascinante. Tinha tudo para ser mais uma história de amor, exceto por um detalhe: os dois não sabiam que essa união os transformaria em peças de um jogo entre membros de uma organização e um homem ambicioso; todos manipulados por Arimã, o anjo corrompido. Para que consigam ficar juntos, Jéssica e Beto precisarão revelar segredos, aprender a perdoar, interpretar sonhos e acreditar que não estão sozinhos. Entre vícios, brigas, uma flor que inspira e seres sobrenaturais, está Padma, em busca da luz.

OPINIÃO DELA:
     
     Padma para mim é um livro único! Eu não tenho como compará-lo... Nunca li nada igual. Ainda estou um pouco perplexa pela carga emocional do livro e sua profundidade no que diz respeito ao amor, ao perdão e às escolhas que fazemos. E tenho que admitir que ele teve um significado muito especial para mim, pessoalmente. Eu me lembrei assim que terminei o livro de uma fala do mestre Dalai Lama que diz: “Cérebros brilhantes também podem produzir grandes sofrimentos. É preciso educar os corações!”

domingo, 2 de novembro de 2014

Resenha: Nas Notas da Canção

Resenha

Nas Notas da Canção

Autora: Elaine C. [Parceria]
Editora: Edital
Páginas: 226

Sinopse
Ela... Liz era uma cantora famosa que se viu num dilema: Continuar com sua carreira mesmo quando o mundo não sabia mais quem era ela ou largar tudo e se esconder por não saber como provar que nada daquilo que os jornais publicavam diariamente era verdade? Como desmentir todas as mentiras que seu ex marido inventou para torna-la a pop star polêmica que vende milhões, mas é incapaz de se reconhecer ao se olhar no espelho? Decepcionada e triste por ter perdido o fio da meada, ela acabou largando tudo e indo se isolar na cidadezinha de interior onde viu seu sonho tomar forma. Largar os palcos e jurar para si mesma que nunca mais viveria aquela vida de novo não foi fácil. Viver disfarçada e escondida dos holofotes, muito menos. Admitir para si mesma que a música dentro de si secou, quase lhe tirou a lucidez. Mas evitar se apaixonar por Ben Sales, o cantor que se apresenta nos fins de semana em seu restaurante favorito da cidade, foi impossível. Ben tem a música na alma e enxergar isso lhe deixa encantada pelo cara que ela sequer conversou. ...Ele Ben é uma cara simples que nasceu e cresceu em Baraúna, uma pacata cidade de interior. É veterinário, mas o que o deixa feliz de verdade é cantar nos fins de semana no Lero´s. A música é o que o faz bem e o que o completa. Se pudesse, viveria de música, mas não é fácil viver do que se ama. Faz algum tempo que ele busca alguém de verdade. Quer se apaixonar, construir sua própria família mas por que será que só lhe aparecem mulheres vazias? E é nessa busca que ele nota a ruiva misteriosa que sempre aparece no restaurante quando a apresentação dele já começou e vai embora antes que ele termine. Não conseguir nunca falar com ela o deixa frustrado. Da próxima vez serei mais esperto e não vou deixa-la ir embora sem falar comigo! ele promete a si mesmo. A sintonia entre os dois é imediata. E mesmo sem que Liz tenha coragem de abrir o jogo com ele e lhe contar toda a sua história, a confiança entre eles predomina. Mas por achar injusto envolve-lo em sua vida de mentiras, ela tenta de todas as formas se afastar de Ben. Só que Liz não esperava que a paixão por ele lhe despertasse outra velha paixão a tanto tempo adormecida: A paixão pela música. Será que ela é capaz de recomeçar e mostrar ao mundo quem realmente é? E será que a música tem o poder de unir os dois? Embarque Nas Notas da Canção e descubra! 
OPINIÃO DELA:

     Um livro que superou minhas expectativas e me prendeu do começo ao fim! Apaixonante como música!


Resenha: Extras - Série Feios - Livro 04

Resenha

Extras


Autor: Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
Páginas: 416


Sinopse
No quarto livro da série, A Era da Perfeição ficou no passado. A libertação promovida graças aos esforços de Tally Youngblood deu fim a uma cultura onde a beleza e as modificações cerebrais, que transformavam todos em avoados, eram a base do sistema. Nesse novo mundo onde Aya Fuse não apenas uma Feia de 15 anos, mas uma Extra tenta sobreviver, existe uma coisa muito mais importante e poderosa do que a beleza: a fama. Ocupando o 451.611º lugar em uma tabela que mede a popularidade das pessoas, Aya é só uma Extra nesse complexo sistema social. Mas a descoberta de um grupo de misteriosas meninas que se arriscam a surfar em trens magnéticos pode ser a oportunidade perfeita para alcançar o seu lugar no topo. Uma matéria tão boa que irá despertar o interesse de todo mundo, incluindo alguém há muito desaparecido.


OPINIÃO DELA:

     Estava com medo de ler esse volume da Série Feios, já que achei o final de “Especiais” sensacional. Eu realmente não achei que seria necessário um quarto livro. Mas o autor Scott Westerfeld volta a nos surpreender em “Extras”! Claro que é outra história com personagens diferentes, mas pode ser considerada uma continuação. O enredo começa três anos após o fim de “Especiais”, a história se passa no Japão em uma cidade com as melhores condições de vidas possíveis e onde passamos da ditadura da beleza à ditadura da fama. Aqui a pessoa precisa ser popular para ter condições de viver bem... As melhores formas de se viver pertencem aos famosos! Na minha opinião, qualquer semelhança com a realidade em que vivemos NÃO é mera coincidência. Desde o primeiro livro acredito que o autor sabia exatamente aonde chegar e até no livro mais futurista conseguimos associar semelhanças com o que estamos passando hoje.

sábado, 1 de novembro de 2014

Sorteio de Aniversário 1 ano Literalizando Sonhos! Participem!!! ;)


Olá leitores! O Literalizando Sonhos está completando 1 ano em novembro e quem ganha o presente é você! \o/ Vários blogs, autores e editoras se juntaram em uma grande comemoração. São 56 livros + marcadores e mimos, 6 ganhadores! Participe! :)


quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Amy Winehouse BOOK TAG!

Oi Galera! 

Bom, eu já tinha visto a TAG da Taylor Swift em dois canais literários, maaas eu não fiz porque não sou nem um pouco fã dela. Eu prefiro mil vezes a Amy Winehouse
Então Gaby - Uma Leitora Voraz - você acertou em cheio em me indicar para essa TAG! E o legal é que a pessoa pode reformular com músicas de quem ela gosta! Ou seja, não precisa ser a Taylor nem a Amy. Fiquem à vontade para responder também ;)




1 - Do Me Good - Um livro que te faça se sentir bem / que te traga boas lembranças.



Perdida – Carina Rissi
Apesar de não ser meu gênero favorito, como não lembrar de coisas boas com esse livro? É um nacional tão gostoso de ler... E só de lembrar das “trapalhadas” da personagem principal eu já abro um sorriso.






2 - Wake Up Alone -  Um livro que tenha te deixado triste / fez você chorar e demorou para superar.



Jardim de Inverno - Kristin Hannah
Jardim de Inverno é um dos livros mais lindos que eu já li! Mas não posso negar que derramei rios de lágrimas com a história do que é contada no livro. Não tem como você não se emocionar. Sinceramente, acho que só não vai chorar com esse livro um objeto inanimado.





3 - You Know I'm No Good -  Um livro que você pensou que não fosse gostar, e não gostou mesmo.



Lolita - Vladimir Nabokov
Ahh gente! Eu e meu problema com livros clássicos! Sinceramente, acho que fui tão obrigada a ler Shakespeare na quinta série que só de falar em clássicos me arrepia. Eu juro que tentei... Mas acho que parei beeeem antes da página cem! =/






4 - Stronger Than Me - Um livro com temática forte, que você precisou pausar a leitura para respirar.



Identidade Roubada - Chevy Stevens 
Eu nunca pauso a leitura por causa da temática forte, pelo menos não até hoje. Geralmente isso é o que me faz não querer parar de ler. Então escolhi Identidade Roubada, que devorei, mas que tem uma temática bem forte. Eu só pauso um livro mesmo quando o autor não consegue me prender com a narrativa.




5 - What Is It About Men? - Um livro com um personagem que você não suporta, não faria a menor falta no livro. 




Pausa - Colleen Hoover
Diferença no livro talvez faria sim, mas tive muita raiva e não suporto a ex-namorado de Will em “Pausa”. Ela só atrapalha e é muito chata!






6 - I Heard Love Is Blind - (Eu Ouvi que o Amor é Cego)  Um livro com um vilão/Badboy que você ama. 



Cabe uma listinha aqui hein?! 
Bom gente vou ter que roubar nessa categoria e escolher dois! Rush da série “Sem Limites” e Travis de “Belo Desastre”. Sério, que atire a primeira pedra quem não morreu de amores por esses dois, rs!





7 - Take The Box - Um livro que quando terminou te deixou com saudade dos personagens. 



Difícil essa! 
Acho que isso acontece comigo em quase todo livro... Desculpem-me a repetição, mas não tem como não sentir falta da Caitlin, a criança mais fofa de todo o mundo... Personagem principal de “Passarinha” - 
Kathryn Erskine
 .






Espero que vocês tenham gostado da TAG! Comentem aqui os livros que vocês leram e o que acharam, ou quais vocês vão ler ou gostariam de ler... Enfim, fiquem à vontade! ;)

Grande Beijo!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Resenha: Noites em Pasárgada

Resenha

Noites em Pasárgada


Autor: Bruno Santos
Publicação: Independente
Páginas: 204

Sinopse
Felipe, é um rapaz de 19 anos tímido e solitário que trabalha em uma imobiliária de propriedade do sádico Arthur Medeiros. Felipe ainda tem de lidar com o fim do casamento de seus pais, que deixou sua mãe em depressão profunda. A única alegria de Felipe são as lições de Francês dadas pela sedutora Emma Bovary, por quem alimenta uma paixão platônica. Mas apesar da paixão platônica, Felipe sonha em conseguir uma namorada de verdade. Sendo muito tímido, Felipe se cadastra em um site de encontros e após alguns encontros malsucedidos , Felipe conhece Amanda. Os dois se apaixonam perdidamente, porém a há um problema: Amanda mora em outra cidade. Assim,a distância física, a oposição da família de Amanda e os problemas de Felipe podem ameaçar a felicidade do casal e o que parecia um atalho para um final feliz se transforma em uma jornada de auto-conhecimento. 

OPINIÃO DELA:

     Quando Bruno me enviou o livro, pensei ser um romance histórico por conta do início do livro, que tem uma escrita bem peculiar e muitas notas de rodapé importantíssimas para o entendimento do enredo, principalmente para entender o significado de “Pasárgada”. Mas, no decorrer da leitura, percebi que estava totalmente errada.